foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 Rádio Portalegre A Mais Ouvida do Alentejo - 32 Anos ao Serviço da Região

Elvas: pós-graduação em Regeneração Urbana ministrada na Agrária sob a articulação de quatro escolas superiores

Recuperar o Património do Alto Alentejo através da qualificação dos quadros das autarquias, em matéria de Regeneração Urbana, é o desígnio da pós-graduação que vai abrir, no próximo ano letivo, na Escola Superior Agrária de Elvas (ASAE).

O projeto para a realização da pós-graduação em Património Histórico e Regeneração Urbana e Económica, resulta de uma parceria entre o Instituto Politécnico de Portalegre (IPP), a Universidade de Évora, Universidade Técnica de Lisboa e a Universidade da Extremadura.

De acordo com o presidente do IPP, Joaquim Mourato, esta pós-graduação foi promovida por um conjunto de municípios liderado pela autarquia de Elvas, entre os quais, Campo Maior; Arronches; Sousel; Monforte; Estremoz; Borba; Vila Viçosa; Alandroal e os ayuntamentos de Olivença e Badajoz, em Espanha.

O dirigente, que falava à RP, no âmbito da assinatura do protocolo para abertura da pós-graduação, que decorreu esta quinta-feira, em Elvas, acrescentou que os destinatários desta formação superior são os quadros das Câmaras promotoras, “tendo em vista a recuperação do património da região, uma necessidade já detetada no terreno”.

Joaquim Mourato conclui que a pós-graduação, que será ministrada na ASAE, sobre a articulação de quatro Instituições de ensino superior, consubstancia "a primeira de muitas iniciativas resultantes da parceria" agora protocolada.

Carla Aguiã