foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 Rádio Portalegre A Mais Ouvida do Alentejo - 32 Anos ao Serviço da Região

A Final da Supertaça Distrital em futebol joga-se este Sábado na sua Rádio a partir das 18h

Legislativas 2022: Candidato do Chega por Portalegre quer ser “a voz da mudança” na Assembleia da República

Pode ser uma imagem de ‎2 pessoas, pessoas em pé e ‎texto que diz "‎CIIGA یor A HEGA CHEGA CHEGA CHL CHEGA CHEGA HEGA CHEGA CHEGA A CHEGA CHEG CHEGA CHEGA CHEGA‎"‎‎

(Por Carla Aguiã) - O cabeça de lista do Chega pelo círculo eleitoral de Portalegre, nas eleições legislativas do próximo dia 30 de Janeiro, Júlio Paixão, diz que sem acessibilidades o distrito não tem solução e está condenado à desertificação.

Júlio Paixão quer ser a voz da mudança na Assembleia da República (AR), para que “de uma vez por todas seja aprovado, para se concluir aquilo que falta a Portalegre”.

 

Para o candidato do Chega, a base está nas acessibilidades, “que estão prometidas” há mais de uma década, tais como a conclusão do IC13 e a modernização da Linha do Leste.

Júlio Paixão, que falava esta sexta feira, durante a apresentação da sua candidatura, no Centro de Artes e do Espetáculo (CAE), acusa os 15 deputados do PS, eleitos pelo círculo de Portalegre, de nada terem feito pelo distrito e reitera que “é preciso mudar o paradigma”.

O candidato a deputado comprometeu-se ainda, caso seja eleito, a doar parte do seu ordenado a instituições do distrito de Portalegre.

Nas ações de campanha, Júlio Paixão diz que tem “sentido que os eleitores estão com o Chega, mas em silêncio, porque este regime castiga as pessoas”.

Júlio Paixão lidera a candidatura do Chega, pelo círculo eleitoral de Portalegre, composta ainda por Maria Samarra, Ana Sofia e Bruno Borrega.