foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

alentejo2020

Marrocos Desert Challenge:Nuno Matos e Nuno Silva não concluíram quarta etapa devido a avaria no Opel Mokka mas continuam em prova

Foto de Rádio Portalegre.

(Por Gabriel Nunes) - A dupla Nuno Matos/Nuno Silva não terminou, quinta feira, dentro do tempo limite, a quarta etapa do Marrocos Desert Challenge, devido a uma avaria no alternador do Opel Mokka, mas vai continuar em prova.

De acordo com os regulamentos do rali africano os concorrentes podem manter-se em prova desde que não falhem a conclusão de mais do que uma etapa, mas ser-lhe-á aplicada uma penalização correspondente ao tempo máximo definido pela organização para a realização da especial.

 

De referir ainda que só depois de concluírem a etapa de hoje, em Merzouga, é que a organização divulgará o tempo e a classificação que a dupla portuguesa ocupa no rali africano.

O campeão nacional de todo-o-terreno, Nuno Matos, contou que, na tirada de ontem, devido a um problema mecânico, o Opel Mokka ficou parado a cerca de 100 quilómetros do final.

Entretanto, o guia, que acompanhava a assistência da dupla portuguesa, levou-a para outro local bem diferente daquele onde era esperada, e foram mais de seis horas de espera que inviabilizaram que pudessem concluir a etapa dentro do tempo limite.

Ao longo da 5ª especial do Marrocos Desert chellenge, que se disputa, esta sexta feira, os concorrentes terão de cumprir a travessia de quatro faixas de dunas ao longo de 230 quilómetros. Do percurso faz parte a travessia do Erg Chebbi e do Erg Ouzina.