foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

Rádio Portalegre - 30 Anos ao Serviço da Região Alentejo

Campo Maior: António Costa apresenta Qualifica num município que é um excelente exemplo para o país

Foto de Rádio Portalegre.O primeiro-ministro disse, hoje, que “Campo Maior é um excelente exemplo para todo o país, de como num pequeno município, do interior, pode nascer uma multinacional que hoje está presente em mais de trinta mercados no mundo”.

António Costa falava da Delta Cafés, em Campo Maior, na apresentação do programa Qualifica, que decorreu no Centro de Ciência do Café, uma cerimónia que contou com a participação de vários membros do governo socialista.

O primeiro – ministro considera que “faz todo o sentido lançar o Qualifica em Campo Maior”, um programa que tem a pretensão de resolver o maior défice estrutural do país que é, segundo António Costa, a falta de qualificações dos portugueses.

António Costa explica que “o Qualifica é decisivo para o país” e não é uma repetição das Novas Oportunidades, é um programa que identifica o perfil dos candidatos e define um programa de formação personalizado.

O anfitrião da cerimónia, o Comendador Rui Nabeiro, sublinhou que a Delta Cafés é uma empresa que está “mentalizada para a formação” e explicou que, abraçou o Qualifica por estar ciente de que a qualificação é efetivamente uma necessidade do povo.

Rui Nabeiro disse também que, o facto de o primeiro-ministro ter escolhido Campo Maior para a presentação do programa é motivo de orgulho.

Para o presidente do município de Campo Maior, Ricardo Pinheiro, o facto do Qualifica ter sido apresentado na vila alentejana “prende-se com a forma como Campo Maior tem desenvolvido a sua estratégia industrial”.

O autarca acrescentou que, atualmente, “a formação é implícita ao desenvolvimento de toda a organização”.

O programa Qualifica, destinado à educação e formação de adultos, deverá abranger cerca de 600 mil pessoas até 2020.

O governo pretende ver instalados cerca de 300 centros Qualifica no continente até ao final de 2017.

Atualmente existem 261 centros, dois deles a funcionar em Campo Maior, no Centro Internacional de Pós-Graduação Comendador Rui Nabeiro, inaugurado esta segunda-feira pelo primeiro-ministro e um outro na Santa Casa da Misericórdia.

Podem inscrever-se neste programa todos os adultos que não disponham de qualificação de nível básico, secundário ou profissional, bem como os jovens que tenham abandonado a escola e não se encontrem a trabalhar ou a estudar.

Carla Aguiã