foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 Rádio Portalegre A Mais Ouvida do Alentejo  - 32 Anos ao Serviço da Região

Monforte: Concelho recebe uma das maiores centrais fotovoltaicas do país num investimento superior a 100 milhões de euros

Pode ser uma imagem de 7 pessoas, pessoas em pé e pessoas sentadas

(Por Carla Aguiã) - Uma das maiores centrais fotovoltaicas de Portugal vai instalar-se no concelho de Monforte, numa área de 350 hectares, com um investimento superior a cem milhões de euros.

 

A central fotovoltaica de Santas, localizada na freguesia de Santo Aleixo, foi apresentada esta terça-feira, pelos promotores da empresa Akuo Renováveis Portugal, numa cerimónia que contou com a presença do primeiro -ministro, António Costa.

O chefe do Governo destacou a importância de valorizar a economia através dos recursos endógenos, neste caso o sol, sobretudo nas zonas do interior do país, como Monforte, que “ganhará aqui uma nova oportunidade”.

O presidente da Câmara de Monforte, Gonçalo Lagem, também considera que este investimento representa uma oportunidade de desenvolvimento para o interior, capaz de inverter “o cenário de desertificação, envelhecimento e abandono”.

O autarca adiantou que a obra, com um prazo de execução de ano e meio, vai duplicar a população de Santo Aleixo, levando àquela freguesia cerca de 450 trabalhadores.

Para Gonçalo Lagem “à que saber capitalizar esta mais-valia”, bem como saber tirar partido deste investimento, que deverá refletir-se no preço da eletricidade.

Em declarações à Rádio Portalegre, João Santos, representante da Akuo em Portugal, disse que este é o primeiro investimento da empresa no país e acrescentou que a central fotovoltaica deverá estar em funcionamento no fim de 2022.

A cerimónia, que decorreu no local onde em breve arrancam as obras da central fotovoltaica de Santas, contou também com a presença de João Pedro Matos Fernandes, ministro do Ambiente e da Transição Energética, Joao Galamba, secretário de Estado Adjunto e da Energia e Eric Scotto, CEO e fundador da Akuo.